O que é preciso saber sobre email marketing

O que é preciso saber sobre email marketing

O email marketing, como meio de comunicação, é uma poderosa ferramenta para atingir um ‘target’, seja nas transações comerciais entre empresa e seus consumidores, seja nas ações de relacionamento que visam fidelizar uma carteira de clientes.

Diante das mídias online, este é o canal que oferece todas as funcionalidades necessárias para a obtenção de resultados efetivos.
Mas, para alcançar o melhor custo-benefício, uma campanha precisa respeitar um ciclo de ações que vão das boas práticas à mensuração. Esse ciclo, no qual se incluem regras técnicas, visa a elaboração de campanhas focadas nas peculiaridades das mídias digitais, que se diferenciam pela forma e conteúdo. Mundialmente, *1,5 bilhão de pessoas acessam a Internet, tornando o canal um grande meio de interação.

Mas, como nem tudo que tramita pela web é relevante, a caixa de mensagens de um usuário pode conter assuntos de interesse ou emails não solicitados, como os spams. Para ganhar legitimidade, é essencial que a campanha atue dentro das melhores práticas do email marketing. Isso significa que o remetente precisa receber o consentimento do destinatário, pelo opt in, antes do envio de email. Ou, pelo soft opt in – conceito que consta como uma boa prática no Código de Autorregulamentação do Email Marketing, recentemente lançado –, a empresa pode incluir um cliente em sua base por existir uma relação comercial ou social entre eles. Em ambas as situações, a função opt out, disponível na mensagem, garante ao cliente o direito de sair da base a qualquer momento que desejar.

Outras regras também auxiliam para que o email não seja caracterizado como spam. Regras que ao serem aplicadas no desenvolvimento do template evitam erros que podem barrar o email, como por exemplo, o excesso de imagens ou de expressões fiscalizadas pelos provedores. Para análise e envio de email, tecnologias especialmente desenvolvidas para o gerenciamento de campanhas realizam o teste antispam, para validar o conteúdo ou apontar pontos suspeitos.

Para o sucesso das campanhas, o desafio está em desenvolver um template atraente e eficaz, que permita bons índices de entrega, visualização e conversão em clique, que é a meta principal do email marketing. Assim, o resultado está diretamente associado à eficiência do código HTML, que por sua vez deve atender aos padrões recomendados pelo W3C – o World Wide Web Consortium, um consórcio de empresas de tecnologia que desenvolve padrões para a criação e a interpretação dos conteúdos para a Web.

O alto índice de entrega, no entanto, está ligado à qualidade da base de dados que, estando higienizada, auxilia no processo de segmentação e amplia as oportunidades de comunicação dirigida à medida que, ao longo das campanhas, é alimentada com informações sobre o perfil e comportamento do cliente. Comunicar-se com relevância, esse é o primeiro passo no processo de satisfação dos clientes e fidelização de uma marca. Porém, a construção e fidelização de uma marca não é tarefa fácil. Para chegar a tal objetivo, empresas especializadas em comunicação por mídias digitais exploram a fundo as funcionalidades das tecnologias, dando total respaldo às ações online. Uns dos principais atrativos destas ferramentas é a capacidade de mensuração.

Pela plataforma Virtual Target, um dos primeiros sistemas de envio e gerenciamento de campanhas de email marketing do mercado nacional, as ações online contam com mais de 80 relatórios analíticos, que mineram dados, segmentam campanhas, e detalham passo a passo a interação do destinatário com o email – da visualização ao clique, do clique à conversão.